Home » Blog » Morte anunciada: líder de assentamento é assassinado


Ronair José de Lima, liderança de uma ocupação denominada complexo Divino Pai Eterno, em São Félix do Xingu, foi morto nesta quinta-feira. Ele foi emboscado pela manhã por pistoleiros dentro do complexo. Ronair ainda foi levado com vida para a sede do município, mais não resistiu aos ferimentos à bala, falecendo por volta das 15h.
Ronair era liderança de um grupo de 150 famílias ligadas a FETAGRI, que desde 2008 reivindicam a criação de um assentamento na área conhecida como complexo “Divino Pai Eterno”, assim chamado por causa das diferentes fazendas que foram cortadas ilegalmente dentro da área. Trata-se de um caso típico de grilagem de terra pública federal. A área encontra-se inteiramente localizada na Gleba Misteriosa, arrecadada e matriculada em nome da União, segundo documentação do INCRA.
Em fevereiro deste ano, denunciamos na Assembleia Legislativa as ameaças sofridas por Ronair. Naquele mês ele, a mulher e uma filha foram baleados por pistoleiros. Como presidente da Comissão de Direitos Humanos da Alepa, chegamos a pedir proteção à vida de Odair.
Segundo a Comissão Pastoral da Terra, além de Ronair, outros 5 trabalhadores ruraos já foram mortos na região.
 

Cadastre seu email em nossa Newsletter e receba nossas notícias.

 
© Copyright 2017 Bordalo - Todos os direitos reservados.