Home » Blog » Limoeiro do Ajuru celebra Abertura da Pesca


Após o período de defeso, que ocorre entre os meses de novembro e fevereiro, o município de Limoeiro do Ajuru, na região do Baixo Tocantins, realizou nesta quarta-feira, dia 1º de março, a Abertura da Pesca, iniciando as atividades da pesca autorizada. A programação já compõe o calendário cultural da cidade, atraindo centenas de pessoas, entre pescadores, moradores e visitantes. Este ano, o deputado Carlos Bordalo esteve prestigiando o evento, a convite do prefeito Carlinhos (PT). Em dez anos de Abertura da Pesca, esta foi a primeira vez que os pescadores tiveram apoio da administração local.

Logo cedo, dezenas de pescadores lançaram suas redes no rio Tocantins. Até o final da manhã, foram capturadas cerca de 1,6 toneladas de pescado, sendo que uma parte foi dividida entre os trabalhadores e o restante destinado ao mercado municipal, com preço tabelado segundo portaria municipal. Em Limoeiro do Ajuru, existem os chamados Acordos de Pesca, regras criadas pelas comunidades, com ajuda dos órgãos públicos e Organizações Não-Governamentais (ONGs), para o controle da pesca, em que todos se comprometem a cumprir as regras de uso sustentável do recurso pesqueiro.

Para o deputado Carlos Bordalo, é fundamental ter em conta que esse recurso é finito. “Se não cuidarmos para que a reprodução das espécies seja feita com sustentabilidade, a captura do pescado seja assegurada no presente, mas preservada para condições futuras, não teremos por muito tempo esta riqueza maravilhosa que acabamos de assistir. É contagiante e emocionante ver os pescadores exercendo sua atividade”, disse ele, acrescentando elogios à administração municipal, que está implementando políticas públicas para preservação e reprodução dos cardumes. “Já temos a primeira demonstração da vontade política da gestão para que o pescador seja apoiado no seu trabalho, para que a população tenha pescado à disposição e a atividade seja regulada, com respeito ao meio ambiente”.

O deputado lembrou do trabalho desenvolvido à frente da Secretaria Municipal de Economia de Belém, quando baixou uma portaria proibindo a saída do pescado durante a Semana Santa, garantindo, assim, a regulamentação do preço e o abastecimento do mercado local. “Nessa época, o pescado era exportado para o Nordeste, o Sul e o Sudeste, e a população de Belém ficava sem opção ou então era obrigada a pagar preços mais altos, pois não havia oferta”, comentou.

O prefeito de Limoeiro do Ajuru destacou a atuação em 58 dias de mandato. “Tivemos uma importante participação, por meio da Secretaria Municipal da Pesca, que reúne as secretarias de Meio Ambiente, Agricultura e Turismo. Nosso orçamento está reduzido, mas com a força da organização social, com os acordos de pesca e o interesse da prefeitura, esse movimento se fortaleceu muito. Queremos garantir para a sociedade o apoio do Executivo para o consumo interno, da nossa cidade e do nosso interior. Isso vai trazer uma produção mais barata para os nossos consumidores, e essa organização não vai parar por aqui”, prometeu, destacando que as associações de pesca buscaram apoio da Polícia Ambiental e da Polícia Militar para assegurar o respeito ao período de defeso.

Neide Leão, 45 anos, é integrante do Conselho da Pesca de Limoeiro do Ajuru, que reúne mais de dez associações de pescadores. Ela explica que, graças ao Acordo de Pesca, foi possível preservar o período de quatro meses necessário à reprodução dos cardumes. “É um trabalho árduo para conseguir o nosso defeso, então o dia de hoje é muito esperado. Com apoio das secretarias e da prefeitura, essa espera valeu muito para nós, a comunidade, os ribeirinhos e todas as famílias do município”, explicou.

Participaram da programação os vereadores Jesaías Pinheiro e Robert Leão, além de Raimundo Jorge (Deco), presidente da Associação dos Pescadores de Limoeiro do Ajuru, e Laércio Pereira, ex-prefeito de São Sebastião da Boa Vista. Os vereadores Marquinhos da Pesca e Jacirema Gaia participaram da Abertura da Pesca na região do Cupijó. O período de pesca autorizada segue até 30 de outubro.

Cadastre seu email em nossa Newsletter e receba nossas notícias.

 
© Copyright 2017 Bordalo - Todos os direitos reservados.